Entrevista Chef Lucas Cal

Como despertou interesse pela gastronomia?

Meu interesse surgiu num recesso escolar quando comecei a preparar receitas de confeitaria em casa como forma de passar o tempo. Lembro como foram muitas tentativas, algumas com resultados maravilhosos e outras que fracassaram. E estas me levaram a estudar em cursos profissionalizantes para descobrir o que podia fazer para corrigir os erros.

Qual a primeira receita que você fez?

Tudo começou com um bolo de fubá, foi ainda jovem por volta de 14 anos. A minha primeira receita preparada sozinho na vida; Aconteceu em casa. Lembro que quando saiu do forno devoramos o bolo em instantes e todos amaram. Foi quando Dona Cida, uma senhora parceira e doméstica que trabalhava conosco percebeu a qualidade do trabalho e sugeriu que eu fizesse pra vender. Fiquei imensamente feliz, contudo minha imaturidade infantil desprezou a ideia de cozinhar como carreira e nesta época eu não fazia ideia que levaria tão a sério a gastronomia.

Qual sua receita favorita?

Escolher uma receita dentre tantas maravilhas é um tarefa muito difícil. Mas sinto que as receitas que geram comunhão ao redor da mesa são as que mais me chamam atenção. Aqui no Rio de Janeiro todo encontro levado mais a sério é motivo para um churrasco. E por isso é minha escolha. Sinto que essa receita carrega um evento!

Qual sua comida favorita?

Acredito que minha comida favorita é uma sobremesa chamada Torta Louis XV: Uma entremet que possui na base uma Dacquoise de avelã, coberta por praliné também de avelãs, mousse 70% chocolate e tudo isso embrulhado por uma glaçagem de chocolate de efeito vidrado.

Ja pensava em seguir carreira como professor antes da gastronomia?

Não, apesar de amar o que faço nunca passou na minha cabeça que os anos de formação me trariam de volta a sala de aula.*

Como foi a decisão sobre seguir a carreira como professor de gastronomia?

Eu percebi que podia usar melhor minha bagagem de formação repassando aos alunos e foi mágico porque isso abriu portas para conhecimentos mais profundos sobre temas que eu nem imaginava.

Quais foram suas experiências no ramo antes de se tornar professor?

Na época da faculdade a descoberta da gastronomia ja estava latente em minha vida e por isso eu me dediquei ao máximo em todo o curso, inclusive ajudei novos alunos com monitorias nos laboratórios de produção. Com o passar dos períodos na faculdade alguns alunos que tinham mais dificuldade recorreram a mim pedindo ajuda com aulas particulares. Ali surgiu o primeiro formato de ser professor!

O que voce pode contar sobre a experiência de ser professor no Instituto Gourmet?

É um ambiente comprometido, rígido, porém, alegre ao mesmo tempo. Proporciona uma variedade de receitas de diferentes nacionalidades e uma cozinha equipada com equipamentos domésticos para produção. Justamente o que prova aos alunos que é possivel iniciar seu próprio negócio fazendo tudo de casa se aplicar as técnicas.

Que dicas voce daria pra quem pretende seguir carreira atuando na sua área?

Estudar muito, se manter curioso, frequentar eventos gastronômicos sempre e se arriscar em estágios nos restaurantes da cidade

Quais são seus planos para o futuro?

Meu plano é seguir na área da minha pós-graduação. Estou aprimorando meu conhecimento em engenharia alimentar e quero migrar para a parte de P&D (pesquisa & desenvolvimento) em produtos gastronômicos na indústria alimentícia. Sou fascinado em conhecer as reações e resultados envolvidos nos processos de conservação e aprimoramento nos alimentos.

2 thoughts on “Entrevista Chef Lucas Cal

  • 10 de agosto de 2021 em 15:57
    Permalink

    Todo respeito a este profissional, que antes de mais, é um amigo e onde nunca se eximiu de ajudar sempre que foi solicitado.
    Parabéns Chefe Lucas, por essa matéria, parabéns à revista Gastromania, por abrir esta porta aos novos chefes que tanto teem em ensinar.

    Resposta
    • 10 de agosto de 2021 em 19:31
      Permalink

      Obrigado pelo carinho, sempre um prazer ter você aqui com a gente.

      Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.