Inverno aquece a venda de chocolates finos

Fala a verdade: você está feliz com a chegada dos dias mais frios do ano só para poder se jogar mais no chocolate. De acordo com dados da Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolate, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados), o inverno representa 29% da produção de chocolate de todo o ano. A terceira data mais produtiva para o setor, perdendo apenas para a Páscoa e o Natal.

O especialista em chocolates Arthur Kis, sócio-diretor da YÖR Chocolates, endossa esses dados. Segundo ele, durante o inverno as vendas chegam a aumentar em relação aos meses da primavera. “Durante o período de frio, a produção e o crescimento chegam até 30% em relação aos outros meses. Então, organizamos a cadeia de suprimentos e a produtiva já levando em consideração que necessitaremos de mais estoques de matérias-primas. Este é mais um período do ano em que nossas vendas são potencializadas pelas temperaturas mais baixas”, comemora o especialista.

E você sabe o motivo? As principais razões estão relacionadas ao organismo e podem ser explicadas pela ciência. Para alguns, meses gelados e nublados carregam consigo uma melancolia, uma sensação de tristeza. E isso se dá pela ausência de cores do entorno. Para compensar esse “desânimo de tonalidade cinza”, as pessoas aumentam o consumo de chocolate. Ele estimula a produção de serotonina, além de contribuir para a liberação de endorfinas – substâncias do cérebro ligadas à sensação de prazer e que aliviam sensações de desânimo, depressão e ansiedade.

O outro motivo está na necessidade de controlar a temperatura corporal. E, para isso, o corpo gasta mais energia. O cacau, principal componente do chocolate fino, por ser energético, acaba suprindo essa necessidade do organismo. A YÖR Chocolates reforça seu compromisso com linhas inovadoras com mais cacau e menos açúcar (sem ser diet).

Nesse ano, a grande aposta para este período será o chocolate mais intenso. Para Kis, “hoje o mercado está voltado para os produtos diferenciados, como o chocolate com alto teor de cacau”. A YÖR Chocolates hoje oferece quatro linhas exclusivas, três delas com intensidades de cacau superiores a 40%, objetivando aproximar cada vez mais o público brasileiro do chocolate e suas diversas intensidades, notas e sabores.

Friozinho permite aliar chocolate fino a texturas e intensidades de bebidas

A chegada definitiva do tempo frio aumenta o consumo de bebidas quentes e abre espaço para as harmonizações. Além dos tabletes chocolate ao leite com 44% de cacau, o branco com doce de leite, o intenso 65% cacau com café e o intenso 70% cacau, a YÖR Chocolates também sugere algumas harmonizações entre seus rótulos favoritos com algum tipo de bebida.

De acordo com Kis, a proposta é a de não limitar nossas experiências, principalmente quando os termômetros registram temperaturas baixas e sinalizam uma oportunidade perfeita para abrir possibilidades para esquentar o corpo e a alma. “Quem foi que disse que só podemos comer chocolates finos puro, quando temos a chance de combiná-los com outros alimentos e bebidas especiais, a fim de obtermos novas experiências de sabores?”, enfatiza.

Harmonizar no inverno é algo que pode proporcionar ótimas experiências gastronômicas, principalmente pelo fato de podermos aliar chocolates finos com perfil sensorial às bebidas, que combinam e complementam as sensações.

Mas chocolate harmoniza com quê? A regra básica é buscar um determinado equilíbrio e complemento entre os sabores dos alimentos e bebidas que você vai consumir, levando em conta características marcantes do chocolate, como o sabor, o teor de cacau e de açúcar. Separamos aqui algumas combinações de cafés e vinhos com chocolate, que certamente serão grandes aliados para tornar seus dias mais aquecidos e felizes.

Que tal começar com o nosso companheiro de todos os dias: o cafezinho? A potência do expresso bem torrado, por exemplo, faz excelente contraste com o ao leite com 44% de cacau da YÖR Chocolates. Já o cappuccino, que traz além do expresso, o leite vaporizado e a espuma, harmoniza muito bem com o sabor intenso do 70% cacau da YÖR Chocolates, ressaltando a acidez e o sabor da bebida.

Outra excelente pedida para os dias mais frios do ano é o vinho. E juntá-lo ao chocolate, tem como ficar ruim? Possibilidades não faltam. Há opções para as 4 linhas da YÖR Chocolates e para todos os gostos. Quer ver só?

Para ajudar nessa tarefa, especialistas da YÖR Chocolates sugerem um vinho chileno com uva Cabernet Sauvignon, por conta de seu sabor marcante e com estrutura para encarar uma degustação bem acentuada ao se encontrar com sabor intenso e com menor presença de açúcar do 70% cacau do YÖR chocolate.

O toque requintado do 65% cacau com café da YÖR Chocolates traz um equilíbrio sutil com um vinho da uva Syrah, garantindo uma experiência inigualável, única.

Já o vinho Moscato, em meio ao sabor do branco com doce de leite da YÖR Chocolates, envolve o paladar e cria uma consonância suave e encantadora com a sua acidez.

Para um paladar sofisticado, a sugestão é o equilíbrio do vinho tinto argentino da uva Malbec com o ao leite 44% cacau da YÖR Chocolates. Um par mais que perfeito.

Outras combinações, com cervejas e espumantes, também são surpreendentes e novas formas de se harmonizarem com as linhas inovadoras da YÖR Chocolates, que oferecem também uma experiência sensorial incrível.

Assim como qualquer outro tipo de harmonização, apesar das regras básicas, a decisão final sempre deve ser baseada no seu gosto e nas suas experiências ao explorar novas possibilidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.