Alimentos derivados do coco são substitutos que auxiliam no bem-estar

Você sabia que uma alimentação mais saudável pode ser alcançada com uma simples troca de ingredientes e que os derivados do coco podem ajudar nesta missão? Isso acontece com a substituição de produtos, como o shoyu tradicional por exemplo, que deve ser evitado por pacientes com hipertensão arterial. A dica neste caso é trocar por um shoyu de coco – que além de possuir menos sódio também é possível encontrar algumas versões com adição de alguns aminoácidos, como valina e leucina, que ajudam na síntese proteica.

Para explicar como manter uma dieta que dê resultados e não agrida o organismo, a nutricionista Tatiana Amalfi, destaca que restringir algum grupo alimentar não é a melhor opção para quem busca um estilo de vida mais saudável. “Não é incomum que, quando o indivíduo vai começar uma dieta ele corte os alimentos e passe a se alimentar somente com saladas e carnes brancas. Isso é um grande equívoco, a variedade no prato é que faz a diferença”, diz a especialista.

Segundo a nutricionista, o ideal é que o paciente tenha uma alimentação variada, um prato colorido e claro, aliar uma rotina de exercícios físicos. “O segredo de uma dieta é a adesão e encarar aquilo como um estilo de vida, ou seja, manter a constância de novos hábitos pensando a longo prazo. Por isso, parar de comer drasticamente é um caminho errado e que pode ser prejudicial já que a pessoa não vai conseguir aderir esse tipo de alimentação por meses ou anos. O ideal é não excluir alimentos, mas sim incluir os que você não consome”, declara Tatiana.

Hoje, encontramos no mercado uma série de alimentos orgânicos e naturais, que preservam as propriedades naturais do alimento – diminuindo aditivos e substancias químicas que podem ser prejudiciais à saúde. A partir da fruta, encontramos uma ampla variedade de produtos que podem ser incluídos no dia a dia. Confira, a seguir, alguns produtos feitos a partir do coco que são substitutos mais saudáveis para o seu dia a dia!

Shoyu de Coco
Os fanáticos por comida oriental conhecem muito bem este ingrediente. “É muito comum consumirmos uma quantidade exacerbada, principalmente na hora de mergulhar no sushi. Este ingrediente, entretanto, pode conter em apenas 5ml toda a quantidade de sódio indicada para uma refeição”, explica Tatiana. Nesse caso, é possível trocar o tradicional pelo Shoyu de Coco, com menos sódio e feito com açúcar de coco e sal rosa do Himalaia.

Farinha de Coco
Esta é uma ótima opção para os celíacos! Para quem adora bolos e pães, mas tem alergia a glúten, a farinha de coco surge como uma opção de baixo teor de carboidrato, baixo índice glicêmico e zero glúten. “A farinha derivada da película do fruto do coqueiro também pode ajudar no bom funcionamento do intestino e auxiliar em uma dieta de perda de peso”, destaca Amalfi.

Açúcar de Coco
Existe açúcar com baixo índice glicêmico? A resposta é sim! O açúcar de coco é aliado dos diabéticos e de quem deseja substituir, de vez, o produto extraído da cana. Este ingrediente é retirado da seiva do coqueiro e é livre de conservantes, glúten e rico em vitaminas e minerais.

Néctar de Coco
É muito comum que coloquemos mel nas frutas e na preparação de tapioca. Mas, para isso, a nutricionista recomenda o uso de néctares de coco. “Este produto é uma opção bem interessante para quem deseja substituir o mel e outras coberturas açucaradas na dieta. Com baixo índice glicêmico, também é nutritivo”, explica Tatiana.

Não sabe como utilizar os ingredientes destacados acima? O chefe Thiago Ribeiro preparou uma receita de torta de cebola para te inspirar. Confira o passo a passo abaixo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.