Centro Cultural Coreano oferece curso gratuito de Hansik (gastronomia coreana) de maneira totalmente online

Procurando uma forma de democratizar a cultura coreana para os lares brasileiros, o Centro Cultural Coreano no Brasil, em parceria com o Korean Food Promotion Institute (Instituto de Promoção de Comida Coreana), inovou e lançou a sua primeira edição do projeto experimental de Hansik (gastronomia coreana), com ingredientes vindo diretamente da Coreia.
Como objetivo, o projeto procura ter pessoas interessadas em pratos pouco conhecidos pelos brasileiros. Ao todo serão ensinados 12 pratos típicos coreanos, sendo eles: Kimchi-Jeon, Kimchi-Bokkeumbap, Tteokbokki, Gimbap, Mandu, Ttukbaegi-Bulgogi, Dak-Galbi, Yak-Gochujang, Doenjang-Jjigae, Goldongmyeon, Samsaek-Namul e Songpyeon.

O grande diferencial do curso, além dos kits vindos diretamente da Coreia, será a forma de realização que, devido a pandemia, será realizada de forma totalmente online, onde os selecionados poderão fazer as receitas diretamente de suas casas, acompanhando os vídeos especialmente gravados para o curso.

Inicialmente eram esperados cerca de 65 inscritos para essa primeira edição, entretanto, com a divulgação nas redes sociais do Centro as inscrições passaram de 700.

A primeira turma do curso já está fechada com integrantes do norte ao sul do país, que receberam os seus kits via correio ou através de uma transportadora, a fim de manter o bem estar de todos, assim como da integridade dos kits, podendo chegar para todos os interessados na cultura coreana.

Uma curiosidade é que a “presença” no curso está sendo feita de uma forma diferente, através do e-mail. Os alunos da primeira turma desta aula experimental do kit de Hansik ainda são incentivados a participar e a fazer as receitas para postarem nas redes sociais, marcando o @kccbrazil com a hashtag #kitexperimentahanski, falando um pouco mais sobre como está sendo a experiência de fazer cada prato, incentivando assim os alunos a fazerem networking no ambiente virtual. Atualmente as redes sociais do Centro Cultural já marcam mais de 100 marcações de seus alunos empenhados e que estão desbravando e ajudando a divulgar a cultura coreana através da gastronomia, onde os melhores pratos ainda são selecionados para ganhar um brinde super especial.

A boa notícia, é que com a alta procura das inscrições o Centro Cultural já está cogitando uma segunda turma, ainda para esse ano! Mais notícias e novidades serão sempre divulgadas nas redes sociais oficiais do centro, pelo perfil @kccbrazil no Instagram ou Centro Cultural Coreano no Brasil pelo Facebook.

O Brasil é apenas um dos países onde está sendo realizado o projeto em parceria com o Korean Food Promotion Institute, alguns países como Japão e Estados Unidos também estão participando da ação para democratizar o acesso a gastronomia coreana.

Sobre o Centro Cultural Coreano Brasil:
Desde 2013 o Centro Cultural Coreano Brasil tem como objetivo apoiar o intercâmbio cultural entre os países, trazendo para o público brasileiro informações concisas, cursos da língua coreana, aulas de Taekwondo e culinária, eventos musicais e exposições sobre diversos temas envolvendo a Coreia do Sul. Em suas redes sociais, especialmente no Youtube, no canal do Centro Cultural Coreano (kccbrazil), atualmente com quase 41 mil inscritos, é possível acessar conteúdos didáticos e divertidos sobre: culinária, esportes, Kpop, língua coreana, festivais da cultura e muito mais.
Desde 2013 o Centro Cultural Coreano Brasil tem como objetivo apoiar o intercâmbio cultural entre os países, trazendo para o público brasileiro informações concisas, cursos da língua coreana, aulas de Taekwondo e culinária, eventos musicais e exposições sobre diversos temas envolvendo a Coreia do Sul.
Em suas redes sociais, especialmente no Youtube, no canal do Centro Cultural Coreano ( kccbrazil), atualmente com quase 41 mil inscritos, é possível acessar conteúdos didáticos e divertidos sobre: culinária, esportes, Kpop, língua coreana, festivais da cultura e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.