Café da Fazenda M.N conquistou o primeiro lugar da Competição de Melhor Café Torrado para Espresso do Rio Coffee Nation

Evento contou com 5 mil visitas em dois dias, incluindo profissionais do segmento e amantes do café

Nos dias 24 e 25 de outubro, durante a primeira edição da Rio Coffee Nation, aconteceu a Competição de Melhor Café Torrado para Espresso, com chancela da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA). O café da Fazenda M.N, localizada no noroeste do estado do Rio de Janeiro, conquistou o primeiro lugar e como prêmio, será apresentado ao público internacional no estande da Rio Coffee Nation durante o Paris Coffee Show, um dos principais eventos de cafés do mundo, que acontecerá em setembro de 2021, na capital francesa. O segundo lugar foi para o café da Fazenda Pinheiro, também do estado do Rio, e o terceiro lugar ficou com o Café Trentino, do Espírito Santo.

A primeira edição do Rio Coffee Nation, que aconteceu totalmente online, recebeu cinco mil visitas, com total de 19.900 pageviews. Além de visitantes dos estados brasileiros (Acre, Bahia, Brasília, Espírito Santo, Goiânia, Mina Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rondônia e São Paulo), o evento também teve participantes da França, Alemanha, Inglaterra e Luxemburgo. As palestras que aconteceram nos dois dias, tiverem mais de 3,000 vistas.

“Esse evento foi um marco para dar visibilidade ao setor de cafés especiais, que está em franco crescimento no país. Ter representantes de todos os elos da cadeia produtiva foi extremamente importante, reforçando a importância do trabalho em conjunto e da adoção em conjunto das melhores práticas. E contar com a participação do público amante de um bom café é primordial para a entrega de um produto que seja objeto de desejo dos consumidores. Em breve divulgaremos a data da segunda edição, em setembro de 2021.” Indica Martina Marina Barth d’Avila, idealizadora do evento e proprietária da SonImage

Destaques das palestras do Rio Coffee Nation:

Articulação dos cafés especiais do Brasil – Vanusia Nogueira – Diretora Executiva da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA)
Análise sobre as mudanças das tendências do consumo da bebida durante o período de isolamento social. Identificou-se um aumento do consumo do produto em casa, a cultura de delivery de café cresceu e foi reforçada no Brasil. Também cresceu a procura de cafés em cápsulas.

Tipos de moagem e tipos de torra de café – Hallyson Ramos – Barista do Museu do Café
Detalhando sobre os tipos de moagens, destacou que a escolha vai depender do método que será utilizado para o preparo do café. Destacou a importância dos cinco sentidos nas etapas de preparação da bebida. Lembrou que, para traçar as etapas, é preciso saber o que se deseja buscar no café – aroma, acidez, doçura, corpo, amargor. Torra média, clara ou escura. A escolha depende do paladar do consumidor.

Participação feminina na produção de cafés especiais – Isabel Vilela – Gestora Executiva da Aliança Internacional das Mulheres do Café – IWCA Brasil
Apresentação de resultados conquistados nos quase 10 anos de trabalho da IWCA Brasil como: inclusão do trabalho da mulher rural no censo do IBGE, consolidação de outros grupos femininos em prol do setor cafeeiro entre outras conquistas. Isabel finalizou dizendo que hoje são 500 mulheres transformando a cafeicultura no Brasil.

Passo a passo para produzir um café especial – Flávio Borém – Professor titular do Departamento de Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Lavras (MG)
Entre os temas abordados esteve a produção de café especial, passando pelo conceito de tripé que define a qualidade do produto: ambiente, genótipo e processamento. As diferentes combinações desses fatores vão expressar diferentes qualidades do café. Lembrou que o segredo é abrir possibilidades de oferecer uma variedade de perfis sensoriais para o comprador.

Café e seus benefícios à saúde – Mônica Pinto – Executiva na área de Projetos, Marketing e Comunicação da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC)
Os benefícios do café para a concentração, atenção, disposição, redução do risco de doenças neurodegenerativas, aceleração do metabolismo, redução do risco de doenças metabólicas, fortalecimento do coração, diminuição do risco do surgimento de tumores e na performance esportiva.

A quarta onda no mercado de café – Paula Dulgherof – Sócia fundadora da empresa Mundo Café
Informações sobre o movimento que é a conexão e o vínculo entre baristas, cafeterias, torrefação e a produção. É a integração da cadeia que levou o barista para dentro das propriedades de café.

Sustentabilidade na distribuição de orgânicos – Rafael Coimbra, fundador da Sta. Julieta Bio
Como é o conceito da Comunidade que Sustenta a Agricultura (CSA), onde o agricultor deixa de vender seus produtos por meio de intermediários e conta com a participação das pessoas para o financiamento e escoamento da produção. O modelo, que pode ser aplicado ao mercado de café, minimiza os custos, otimiza o tempo, garante as vendas, os riscos são compartilhados e os consumidores são fiéis.

Café coado com perfeição – Adriana Valinhas – Barista e Brewer formada pela SCA´s Education
Como fazer um café coado com perfeição. A principal dica foi sobre a proporção de café e água – as quantidades vão depender do paladar de quem vai consumir a bebida.

Fazendas de café na rota do turismo – Paulo Roberto Santos – Proprietário do Hotel Fazenda Florença
A história da retomada do plantio de café na propriedade, com a orientação do Sebrae, e a escolha do cultivo de cafés especiais. O resultado do trabalho foi o prêmio conquistado em 2019, na categoria Natural no III Concurso de Cafés Especiais do Estado do Rio de Janeiro.

O mercado francês de cafés, da 1ª à 4ª onda – David Serruys e Manuella Bailleux – Collectif Café – Paris Coffee Show
Destacaram como é importante que os produtores brasileiros conheçam as demandas do mercado francês. O consumidor francês bebe 3,5 xícaras de café por dia. Cerca de 50% do café consumido é moído, cápsulas representam cerca de 32% do mercado, e o produto solúvel um pouco mais de 10%. Reforçaram o interesse do consumidor francês pela história e origem do produto, como é torrado e o papel de seu produtor no cenário de responsabilidade social e ambiental.

Carbono zero no café e o aprendizado sustentável com os vinhos – Hippolyte Courty – expert em café e fundador do L’Arbre à Café
Um dos grandes nomes mundiais do segmento de cafés, Hippolyte Courty destacou que o desafio atual é pensar como o café será produzido no futuro e a importância de focar em biodinâmica no cultivo do produto.

Métodos de preparar café com AeroPress e Prensa Francesa – Ana Paula – Barista do Café ao Leu
Apresentou técnicas de preparo de café utilizando os métodos AeroPress e Prensa Francesa.

A importância do marketing para a indústria do café – Benedito Cantanhede – Especialista em Marketing
Sobre as estratégias de marketing para o setor cafeeiro e a importância do entendimento de toda a jornada de consumo e hábitos do consumidor. Unir qualidade e diferencial. Cada vez mais, as pessoas querem consumir experiências e não apenas o produto.

Reposicionamento do Vale do Café – Luciana De Lamare – Diretora Executiva do Vale do Café Convention & Visitors Bureau
Informações sobre a região, que hoje é reconhecida como um destino eco friendly, com atrações ao ar livre, com rica programação cultural, cultura gastronômica e bleisure (mistura de trabalho e lazer).

O Rio Coffee Nation é parceiro exclusivo do Paris Coffee Show, considerado o maior evento de café da França, com 35 anos de existência e referência no ramo de cafés.

O Rio Coffee Nation tem patrocínio da Secretaria da Agricultura do Estado do Rio de Janeiro, da Melitta e do SEBRAE.
O evento tem como apoiadores ABIC, L’Arbre à Café, Ambiente. Astoria (fornecedor do equipamento oficial da competição), ASCARJ, BSCA, Castanhal, Café ao Leu, Flavors, Kahlua, Language Café, L’Aqua (água oficial da competição), Museu do Café, SindRio, Vale do Café e Vassouras Café Escola.

Instagram: http://www.instagram.com/riocoffeenation/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.