A Melhor Receita de Caponata de Berinjela: Deliciosa e Fácil É só picar e se deliciar!

Hoje estamos trazendo mais uma sugestão de receita que sai um pouco do comum, mas que todo mundo ama e que é muito, muito fácil de fazer. É o prato ideal para levar para festas e reuniões com amigos e familiares. E seu preparo tão fácil que pode ser feito durante a semana, no dia-a-dia. Além disso, é um presente muito legal para dar aos amigos.
Aqui em casa não durou nem dois dias. E no segundo dia ela ficou ainda mais gostosa! Imagina como ela ficaria se estivéssemos esperado um pouco mais. A caponata dura até 1 mês na geladeira, e a cada dia vai ficando mais gostosa. Só vamos saber na próxima leva, e provavelmente teremos que dobrar a receita para podermos descobrir! Rs A caponata é um antepasto de berinjela tipicamente italiano. O Antepasto (plural, antipasti em italiano) significa “antes da refeição” é o conjunto de iguarias servidas antes da refeição. O antepasto é geralmente servido com grissini ou fatias de pão acompanhadas de azeite de oliva. Típico da culinária siciliana, a caponata consiste em berinjela salteada num refogado de tomate e cebola em azeite, temperado com alcaparras, vinagre e açúcar. Nessa receita você só precisa picar tudo, colocar em uma assadeira, temperar e colocar no forno. Além de tudo, é muito relaxante e terapêutico cortar os ingredientes. Receita Ingredientes 2 Berinjelas 1 Abobrinha       2 talos   de Aipo (salsão) 1/2 Pimentão vermelho ou amarelo 1 Cebola 50g de Chimichurri de Alho Negro (Alho Negro do Sítio) 150g de Azeitona verde sem caroço 50g de Uva passa 25g de Alcaparra 100g de Nozes (ou castanhas) 1 dente de Alho Azeite QB           Sal QB   Pimenta de reino QB     Modo de preparo Picar em cubos de 1cm as berinjelas, a abobrinha, a cebola e o pimentão; fatiar finamente os talos de salsão; cortar grosseiramente as nozes (ou castanhas; cortar finamente o alho e colocar todos os ingredientes em uma assadeira, temperar com o chimichurri de alho negro (Alho Negro do Sítio), sal, pimenta do reino e regar generosamente com o azeite. Misturar bem e colocar no forno à temperatura média e esperar cerca de 1h. Passar para uma tijela ou refratário e deixar esfriar. Se precisar, acerte o sal e regue com um pouco de azeite extra virgem.
Um ingrediente diferente: Alho Negro   Ao contrário do que muitos pensam à primeira vista, o alho negro não se trata de uma espécie exótica de alho. Ele é produzido a partir de um processo de fermentação, onde o alho é submetido a condições de temperatura (de 65°C a 80º C) e umidade controladas. Seu sabor é adocicado e frutado, remetendo ao melaço e ao tamarindo, com um toque de defumado e a presença de umami (o quinto sabor), sem aquela característica pungência e ardência do alho comum. Tudo muito sutil e delicado.
“Estávamos muito preocupados, pois a COVID-19 causou o cancelamento das feiras de produtores artesanais e a queda nas vendas dos restaurantes, nossos principais clientes. No entanto, logo após o início da quarentena, fomos surpreendidos com um aumento considerável das vendas do nosso site. Com certeza muito disso se deve às pessoas cozinharem mais em casa.” conta Fernando Kondo, responsável pela marca Alho Negro do Sítio. Formado pela Universidade Agrícola de Tóquio. Sua família produz alho roxo desde 1982 na cidade de Guatapará, no interior de São Paulo. Além do alho negro, a Alho Negro do Sítio também produz uma grande variedade de produtos com este interessante alimento, como geleias, molhos, azeites, etc. Eles possuem tabela de preços especial para Restaurantes e Empórios e também vendem online pelo site: http://alhonegrodositio.com.br/ com envio para todo Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.