Únicos a operar on-demand, Raízs ajuda a evitar o desperdício de alimentos orgânicos no Brasil

Pioneira, Raízs controla 30% do mercado de vendas online de orgânicos em São Paulo

Plataforma reúne cerca de 2000 produtos, todos frescos e sem agrotóxicos, vindos de mais de 900 pequenos produtores de todo o Brasil

Contrariando a crise econômica que atinge diversos lugares do mundo desde que a pandemia foi anunciada, o setor de alimentos orgânicos no Brasil conta com uma crescente em seu consumo. A venda desses alimentos mais que duplicou no primeiro semestre, com as compras online e deliverys, segundo dados da Organis (Associação da Produção de Orgânicos).

Além disso, os produtos prontos para o consumo como frutas e verduras cresceram mais de 50% e os produtores produziram até três vezes mais do que o esperado no período. É neste cenário, que a Raízs, plataforma pioneira em conectar o consumidor interessado em alimentos orgânicos ao pequeno produtor de todo o Brasil, se destaca e colabora com o crescimento do setor.

Desde que a pandemia começou a plataforma mais que dobrou seus pedidos, com um aumento de 217%, a base de usuários cresceu 215% e o número de pequenos produtores que se juntaram à startup passou a marca dos 100, totalizando os mais de 900 que integram a rede. Somente no ano 2019, a startup gerou para os profissionais atuantes na plataforma cerca de 3,5 milhões de reais em receita.

Com mais de 2000 itens disponibilizados no site da Raízs, hoje a startup é responsável por 30% dos itens orgânicos disponíveis para compra online em São Paulo. São verduras, legumes, frutas, ovos, arroz, manteiga, temperos e até itens não perecíveis, tanto para pedidos únicos quanto para cestas personalizadas entregues na porta do consumidor semanalmente, quinzenalmente ou mensalmente.

Todas as compras chegam acompanhadas de uma breve história da família que cultivou o alimento, como é o caso da pequena produtora Noemi Toyoshima que planta chuchu, inhame e abóbora em Vargem Grande Paulista, no interior de São Paulo.

Além dos pequenos produtores, todos certificados e auditados pelos maiores selos da área, como o Produto Orgânico Brasil, de reconhecimento internacional, emitido pelo IBD (Associação de Certificação Instituto Biodinâmico) – que garante que toda a cadeia obedece às normas de produção orgânica, a startup também conta com parcerias com cooperativas desde o Sul do País até a Amazônia.

“Pioneiros no setor, contamos com uma atuação de mais de seis anos no mercado trazendo o que há de mais fresco e de qualidade em alimentos orgânicos. Sempre respeitando a sazonalidade do produto e sem adição de agrotóxicos, construímos uma marca sólida que é fornecedora de pelo menos ⅓ dos itens orgânicos disponíveis para compra online em São Paulo’, explica Tomás Abrahão, fundador da Raízs.

Muitas vezes as opções encontradas na plataforma contam com uma variedade maior e até mesmo não oferecida pelos grandes varejistas tradicionais, incluindo opções como cavolo nero, couve kale, batata doce roxa, beterraba amarela, acelga colorida e as cenouras roxas e amarelas, por exemplo. A capacidade de oferecer itens como esses é resultado de uma parceria sólida com pequenos produtores que são especialistas nessas variedades e conhecedores das sazonalidade dos alimentos.

Pela Raízs os produtos saem até 25% mais baratos, além de ser a única empresa de orgânicos que realiza entregas todos os dias da semana, exceto aos domingos. Sua área de atuação abrange capital paulista, passando por Alphaville, região do ABC e a partir de 2021 atuará também no Rio de Janeiro.

Os consumidores ainda contam com recursos por meio da tecnologia, como o de incluir desde suas preferências a restrições, deixando o pedido totalmente personalizado. Além disso, também a utiliza para minimizar o desperdício ao operar on-demand, modelo em que só são retirados os alimentos da terra que o cliente irá consumir – reduzindo a possibilidade de os alimentos serem descartados sem antes serem utilizados.

A iniciativa conta também com um Fundo de Apoio ao Pequeno Produtor, em que a startup destina parte de seu faturamento aos agricultores e os consumidores são convidados a realizar doações de até R﹩ 30 reais para o fundo – inteiramente gerido pelos trabalhadores rurais. A ideia é que os profissionais decidam juntos o que farão com o dinheiro.

Sobre a Raizs:

Fundada em agosto de 2014, a Raízs nasceu com o propósito de conectar o pequeno agricultor de produtos orgânicos ao consumidor final, criando assim um laço entre a cidade e o campo. Entre os serviços estão as cestas por assinatura disponíveis no site, tanto para os consumidores quanto para os estabelecimentos. A startup recebeu aportes importantes em prêmios como Red Bull Amaphiko, Choice UP Artemisia, ONU Accelerate 2030, Creators Awards e recentemente recebeu a certificação de empresa em que o lucro anda junto com a responsabilidade social, concedida pelo Sistema B. A plataforma aceita todas a bandeiras de cartão de crédito e as compras podem ser feitas pelo site http://www.raizs.com.br/.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.