Notícias


Vila Don Patto presenteia clientes para brindar o primeiro Dia Mundial do Enoturismo no Brasil

Atualizado em 09/11/2018

As mais importantes vinícolas e empresas ligadas ao "Turismo do Vinho" no Brasil celebram a data - já tradicional na Europa - pela primeira vez na América do Sul. Para o sábado e o domingo (10 e 11 de novembro), o complexo gastronômico de São Roque reservou 40 garrafas do vinho Pattão bordô para presentear os clientes nos restaurantes La Pasta (italiano) e Don Patto (português).

A partir deste ano, o Dia Mundial do Enoturismo faz parte do calendário de eventos no Brasil. Criada pela Rede Europeia de Cidades do Vinho (Recevin), formada por mais de 800 cidades de dez diferentes países, a data passa a ser comemorada sempre no segundo domingo de novembro – com direito a programação oficial - também na América do Sul, com o apoio da Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur) e do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin).

O complexo gastronômico Vila Don Patto, de São Roque, é o único estabelecimento do estado de São Paulo a integrar as comemorações oficiais - de acordo com o Ibravin -, ao lado de vinícolas e empreendimentos da Serra Gaúcha. Para tanto, presenteará com 40 garrafas do vinho Pattão bordô os dez primeiros clientes que almoçarem nos restaurantes La Pasta (italiano) e Don Patto (português) nos dias 10 e 11 de novembro (sábado e domingo).

De acordo com o Ibravin, 17 ações nacionais comemorativas serão promovidas de 9 a 13 de novembro para celebrar a nova data. Na programação estão desde os brindes aos clientes, como na Vila Don Patto, em São Roque, até curso de cortes de carnes com almoço harmonizado, venda de vinho a preço de custo, exposição de arte em meio aos vinhedos, passeio de trator, degustações temáticas, exibição de filmes e até seminário sobre o assunto nas vinícolas da Serra Gaúcha.

Sobre a Vila Don Patto

Localizada no km 2,5 da Estrada do Vinho, em São Roque, a Vila Don Patto foi construída em um antigo vinhedo de propriedade de imigrantes portugueses e tornou-se um centro de gastronomia e lazer. Nos diferentes platôs de uma montanha em meio à Mata Atlântica, ali funcionam um restaurante típico português, um italiano, uma boulangerie, um empório com adega e um café & grelhados, além de uma choperia, uma cervejaria e uma sorveteria.

As crianças podem passar o dia no espaço kids ou no playground. Após o almoço, dois redários oferecem confortáveis redes para descanso à sombra do pergolado. A Vila Don Patto chega a receber dois mil turistas nos finais de semana. O estacionamento é amplo, com vagas para 750 carros, e tem até um heliponto - único da região homologado para pousos e decolagens diurnos e noturnos – com capacidade para receber até três helicópteros simultâneos, à disposição dos visitantes. Informações e reservas podem ser feitas pelo telefone (11) 4711-3001 e (11) 98804-6035.

Tradição de família

Em São Roque há 115 anos, a família Patto trouxe na bagagem não apenas o conhecimento do plantio da uva e da produção do vinho, mas também a cultura e as tradições gastronômicas de Portugal e da Itália. O complexo gastronômico Vila Don Patto, administrado pela quarta geração desses imigrantes, comemora a data como um reconhecimento ao trabalho de seus antepassados que muito contribuiu para o desenvolvimento econômico e turístico de São Roque.

"Mais do que produzir vinhos, a família Patto fincou suas raízes em São Roque e transformou os seus costumes e suas tradições em investimentos que geram empregos e renda para os moradores da cidade e que fomentam o turismo ao oferecer o que há de melhor em sua gastronomia. A cultura dos nossos antepassados – italianos e portugueses - trazida na bagagem é disseminada por meio do sabor dos nossos vinhos e das receitas que encantam os nossos visitantes", explica Tulio Patto, administrador do complexo.

Sobre o Enoturismo

Este segmento da atividade turística baseia-se em uma viagem motivada pela apreciação do sabor e do aroma dos vinhos e das tradições e cultura da localidade que os produz. O Enoturismo vem respondendo cada vez mais pela receita das vinícolas, principalmente quando agregado a outros produtos.

No Brasil, o "Turismo do Vinho" vem se desenvolvendo rapidamente nos últimos 20 anos graças ao crescimento e à profissionalização das vinícolas, cada vez mais preocupadas em adequar seus espaços para bem receber os visitantes. Como a maior parte dos empreendimentos é familiar, o turista é, geralmente, recebido pelos próprios donos ou por funcionários bem treinados para que os visitantes se sintam "em casa". Vale lembrar que o Brasil tem conquistado destaque internacional na produção de vinhos, sendo o quinto maior produtor do Hemisfério Sul.




Publicidade

Publicidade



Publicidade

Publicidade